Sistema prisional pode adotar terceirização de serviços

Goiás:
O diretor-geral de Administração Penitenciária (DGAP), coronel Edson Costa, avalia que podem ser terceirizados alguns serviços do sistema prisional; “Há diversas possibilidades de aplicação de gestão diferenciada”, disse ele na quarta-feira (10/01), durante participações nos telejornais Bom Dia Goiás, da TV Anhanguera, e no Jornal do Meio-Dia, da Serra Dourada; segundo analisa, por essas alternativas, os agentes prisionais iriam trabalhar propriamente dentro do complexo, transferindo-se para outros setores atividades-meio como administração, saúde e assuntos relativos à secretaria