Archive for Sem categoria

Jogo de interesse

Águas Lindas:
Quando o governo tem interesse em aprovar algum projeto, já fica escrito nas entrelinhas que vai ter que morrer com algum para aprova-lo. Não importa que o projeto venha para prejudicar a população, o importante é o bolço de alguém ficar recheado. Vejam por exemplo os projetos da reforma da previdência, que quem já teve acesso fica com o cabelo em pé, ele prejudica o contribuinte, mas, isso não importa, vai valer quanto cada um vai embolsar para votar a favor, já o pacote anticrime, esse jamais será aprovado como está, isso porque prejudica políticos corruptos. Vale destacar que os políticos honestos são minoria e pouco podem fazer para impedir a continuidade da malandragem na política.

Agua no feijão

Águas Lindas:
Quando o feijão é pouco e chega visitas para comer e o rango não dá para todos, a dona de casa bota mais agua no feijão, assim pode fazer um pirão certo? Na política é preciso muito cuidado com quem chega querendo comer a ração. Se nossos eleitores não tirem cuidado, essa telúrica poderá se transformar em Gotam cite. Cuidado gente, abram o olho.

Quem quer jabá?

Águas Lindas:

Nada contra a comunicadores viciados em marretar dinheiro de candidatos a políticos, contudo, advirto aos eleitores, cuidado para não cometer o mesmo erro de 2018, ao votar errado, todos estão pagando pelos erros dos desgovernos. Pagar jabá, é o mesmo que pagar propina para políticos corruptos em troca de ilicitudes.

Reduto de pilantras

Águas Lindas:
Uma língua de cobra me falou; “Quando o pioneiro Ricardo Horta de Alvarenga, sonhou em fazer dessa telúrica uma cidade, não pensou que ela iria tornar-se um reduto de pilantras. A maioria quer ser político e está contaminando comunicadores com o vício em Jabá. Já tem comunicador que acorda e dorme pensando em como arrancar um pedaço de jabá de candidato a político. A comunicação ficou para trás, o que importa é promover os mal-intencionados. Se não barrarmos essa farra, a cidade vai tornar-se uma Gotam City”, disse a língua. (!!!) Felizmente temos em nosso meio candidatos sérios e comunicadores que amam seu oficio.

Doutoresss naa politicaaa! Águas Lindas:

Águas Lindas

Hoje parece que o vento está soprando para outro lado nessa telúrica. Depois de dois corretores de imóveis e dois donos de mercado na prefeitura local, agora temos três doutores disputando a vaga de prefeito para a próxima eleição. São eles; Dr. Lucas Antoniete (Medico) e Rogemberg Barbosa, Ricardo Horta de Alvarenga (Advogados), de quebra temos Geovane Machado (Formado em Administração)

Erva daninha

Águas Lindas:
Se em seu lote tem erva daninha, mato crescendo e, portanto, favorecendo a proliferação de insetos e animais rasteiros, é bom fazer a roçagem certo? O mesmo acontece na política e na comunicação, é bom ir lembrando disso para fazer a coisa certa, promover a limpeza objetivando eliminar um mal maior. Lote limpo é saúde certa.

Tem de tudo

Águas Lindas:
Uma língua de cobra me falou; “Para a próxima eleição, essa comunidade já tem um impugnado se achando o pica das galáxias, ainda falta os paraquedistas que podem mostrar a cara, mas antes vai procurar distribuir o jabá para os mercenários”, disse a língua. (!!!) Está na hora de vigiar e as verdadeiras lideranças dessa cidade devem tomar uma posição e não cometer o mesmo erro das eleições de 2018.

Traição

Águas Lindas:
É sabido da traição ocorrida nas eleições de 2018, onde políticos que juravam amor ao Candanguismo, mas queriam os benefícios de tomar leite fresco, no entanto, na hora de fazer o queijo preferiram cruzar os braços.

Como esperado

Águas Lindas:
A PEC de criação da região metropolitana do DF caducou, voltamos a estaca zero, as cidades limítrofes do distrito federal vão continuar no limbo, Goiás vai fingir que elas não existem e quem votou no atual governador vai comer M*** pelos próximos anos, mas vai obrigar quem não votou comer também. Por outro lado, a moribunda HIDE vai continuar na UTI, entre a vida e a morte. Em quanto isso, o ônibus passou mais uma vez.

Canalhice

Águas Lindas:
Faz papel ridículo quem se presta ao papel de receber migalhas para denegrir nas redes sociais pretensos candidatos as próximas eleições, o que eles não sabem é que o eleitor fica sempre do lado das pessoas supostamente perseguidas e, portanto, vítimas. Vale destacar que a história registra inúmeros casos de políticos que venceram a eleição somente porque foram transformadas em vítimas de pessoas que tentavam denegrir sua imagem. Ao invés de denegrir mostre propostas, se possível melhores que o oponente.