Próxima vítima

Águas Lindas:
Desde o tempo de cristo que a população está inclinada a ficar do lado das vítimas, só para ilustrar vale lembrar dois casos, Jair Bolsonaro ficou impedido de fazer campanha após sofrer uma facada que quase o levou a óbito, Manguito Vilella contraio a covide-19 e ficou impedido de fazer campanha, na realidade estava entubado e nem sabia se ainda estava concorrendo, o resultado você já sabe, os dois foram eleitos. Vale destacar que Manguito foi o governador que assinou a emancipação política de Águas Lindas de Goiás.

Bronze, prata e ouro

Águas Lindas:
Logo no dia seguinte as eleições de 2020, já tínhamos nessa cidade pré-candidatos para as próximas eleições de 2022 e 2024, portanto quem ficou como suplente em 2020 já passou a ser convidado a ser cabo eleitoral para a próxima de 2022. Entre os suplentes eu destaco Carlinhos do SuperMais que já está sendo sondado para participar de um grupo forte. No caso de não existir uma inflação de candidatos, essa cidade poderá eleger dois deputados estaduais e um federal. Espera-se que não ocorra o que aconteceu em 2018, onde além da inflação de candidatos na cidade, os políticos preferiram apoiar candidatos do outro lado do estado, o resultado você já sabe, não foi eleito ninguém em Águas Lindas.

O velho voltou a ser novo

Águas Lindas:
Nas eleições de 2018 a velha política foi muito criticada e a nova foi a grande vencedora, porém não deram conta do recado, agora o novo normal está sendo apostar na política tradicional, a única que funciona.

Contagem regressiva

Águas Lindas:
A partir de hoje acelera-se a contagem regressiva para a posse do prefeito Lucas Antonietti, parece que o tempo bom está para voltar a essa cidade.

Ataque de pelanca

Águas Lindas:
Logo após um candidato ter um ataque de pelanca agredindo a imprensa local chamando a de lixo e de banda podre estava apoiando o Dr. Lucas, quem estava indeciso tomou a decisão correta de apoiar e votar no 19, vale destacar que o grupo do Dr. Foi formado por pessoas experientes, profunda conhecedora das nuances da cidade, e principalmente por pessoas que respeitam os moradores e em particular nossa gloriosa imprensa local. Espera-se agora a valorização da imprensa da cidade após a escolha do secretário de comunicação.

Tchau

Águas Lindas:
Faltando trinta dias para a posse do novo prefeito, já começa a expectativa de quem serão os indicados para assumir uma secretaria no novo governo.

Seu peso em ouro

Águas Lindas:
Os vinte suplentes de vereadores, agora tem seu peso avaliado em ouro para trabalhar como cabos eleitorais em 2022, caso se metam a besta e queiram se aventurar em uma candidatura a estadual, fara a mesma besteira que fizeram os asnos em 2018, fica a dica.

Porque Hildo do Candango foi reeleito?

Águas Lindas:
Sempre quis ouvir a avaliação de alguém experiente sobre o porquê Hildo do Candango foi reeleito, uma língua me respondeu; “Entre Hildo do Candango que já estava no cargo e dois malucos aventureiros, a população preferiu não arriscar”, disse a língua.

Entra e sai

Águas Lindas:
Mesmo em alguns casos se faça cara de paisagem fingindo está tudo bem, é sabido que sempre rola um sentimento de perda para quem sai e é obrigado a entregar o cargo para o sucessor. Estamos a pouco mais de 30 dias da posse do novo prefeito eleito dentro da lei apesar dos que queriam o poder a qualquer custo e se deram mal, inclua-se aí os quem não queriam de forma alguma largar o osso. Foi uma eleição que ficara na história, muitas Fake News juntamente com a pandemia lutando contra o inevitável, apesar disso prevaleceu o bom senso de 35 eleitores salvadores da cidade.

A era de aquário

Águas Lindas:
Anotem aí, dia primeiro de janeiro de 2021, essa cidade entrara na nova era de aquários, sai o caudilho Hildo do Candango (HC) e toma posse Lucas Antonietti (LA), vale destacar que foi sem medo de ser feliz que Dr. Lucas enfrentou a pandemia, as Fake News, a concorrência desleal e todas as tentativas de sabotagem mas venceu a todos os obstáculos. Será um momento de muita emoção para compartilhar com os eleitores de bom senso. Foram (32.214) trinta e dois mil, duzentos e quatorze eleitores que não acreditaram nas Fake News dos que queriam o poder a qualquer custo.