Contra fatos, não há argumento

Águas Lindas:
Quem tem curiosidade para saber o que podemos esperar dos próximos anos com o resultado final das eleições de 2018, a companha o que está sendo comentado na imprensa alternativa e compara com o que é publicado depois de ter passado pelo filtro. Uma língua de cobra me falou; “ Vários ex-presidentes, assumiram a presidência da república com a proposta de mudanças, o mesmo está acontecendo em 2018, será que o resultado vai ser o mesmo? Os adversários não esperaram nem a posse para começar uma campanha para derruba-lo do pódio”, disse a língua. (!!!) Não vou torcer para que dê tudo errado, afinal é o futuro do estado e do Brasil, queremos que dessa vez seja diferente, certo?

De olho em Brasília

Águas Lindas:
Nas redes sociais e na imprensa local, o assunto é Brasília, a maioria dos colegas não se tocam que, estamos em Goiás, o distrito federal só interessa para quem mora lá.

Exército vai ocupar prédios de ministérios dia primeiro de janeiro

Águas Lindas:
Uma língua de cobra me falou; “Por razões de segurança, o governo federal decidiu decretar ponto facultativo na Esplanada dos Ministérios no próximo dia 31, uma segunda-feira, véspera da posse do presidente eleito. Como há previsão de desfile do presidente em carro aberto, um Rolls Royce, a ideia esvaziar os prédios, para que as forças de segurança assumam o controle de cada um deles, neutralizando a chance de atentado. A segurança presidencial, a cargo do Exército, assumirá o controle dos prédios de ministérios já a partir do final do expediente de sexta, 28”, disse a língua. (!!!) Depois dessa informação, será que alguém vai tentar fazer alguma idiotice? Espera-se que todos tenham Juízo, não precisamos de mais um escanda-lo.

Maquinas paradas

Águas Lindas:
O que se temia está acontecendo, as maquinas pararam e talvez só voltem a funcionar depois do carnaval, até lá, o que se fara é jogar conversa fora, e fingir que está fazendo alguma coisa para justificar o salário. No governo federal por exemplo, a pressa é grande objetivando promover ações para engessar o próximo governo e em efeito cascata, os demais ficam de boca aberta só engolindo mosquito.

Puxadinho

Águas Lindas:
Segundo declarações do governador eleito, o critério para escolha de seu secretariado é que seja alinhado com a pasta correspondente no governo federal, exemplo, o secretário de segurança ser alinhado com o ministro Sergio Moro e o da fazenda com Paulo Guedes. Se o próximo prefeito seguir essa linha, ou seja, trazer estrangeiros para assumir secretarias, é bom seus parceiros no município botarem suas barbas de molho.

Quarentena

Águas Lindas:
Parece que esse município assim como o governo do estado está em quarentena até o novo governo federal determinar as diretrizes de seu governo fato que ocorrera somente após o carnaval, até lá, só chá de cadeira e bolachas agua e sal.

Águas Lindas:
Uma língua de cobra me falou; “Quando se quer depreciar uma pessoa, idêntica ela como Zé, quando se quer xingar alguém, diz Zé Ruela, Zé Mané, logo percebemos que o objetivo é denegrir aquela pessoa. Na eleição de 2018, vi mais de um candidato sendo apresentado como Zé e queria ser eleito com esse nome, o resultado você já sabe. Muitos ainda iram surgir até 2020. A escolha é sua, depois não adianta reclamar”, disse a língua. (!!!) Minha sugestão é que desde já, possamos a analisar os que se apresentam como candidatos para 2020 nessa cidade, precisamos separar o Joio do Trigo.

Escolha

Águas Lindas:
Quando você vai cozinhar feijão de segunda, é preciso catar os graus que estão bons e jogar os que não presta no lixo, é preciso adotar o mesmo critério para eleger nossos representantes. Essa cidade tem bons nomes, são pioneiros que conhece muito bem nossos problemas e podem assumir o compromisso de nos ajudar.

Serpentário

Águas Lindas:
É preciso coragem para entrar no serpentário e enfrentar as figuras peçonhentas, em janeiro próximo, os novos governantes do Brasil e do estado de Goiás passaram por essa experiência.

Terra arrasada

Águas Lindas:
No início do mandato de Hildo do Candango como prefeito dessa cidade, muitas matérias foram publicadas na imprensa local mostrando que o gestor recebeu o município como uma terra arrasada. Hildo tornou a cidade adimplente e passou a fazer uma ótima gestão. A crise que se abateu na época não chegou a afetar essa cidade devido ao prefeito ter aprendido a navegar em águas turbulentas. Agora um novo desafio se aproxima, ter que ir ao serpentário e tentar terminar bem os dois últimos anos de governo e aprovar suas contas para deixar a cidade organizada para o próximo prefeito que assumira em janeiro de 2021.